[views count="1" print="0"]

Santuário do Bom Jesus da Lapa celebra Missa de despedida de Dom João Cardoso nesta terça (19)

Facebook
WhatsApp

Após oito anos de pastoreio na Diocese de Bom Jesus da Lapa, com a nomeação para arcebispo de Natal no dia 5 de julho, Dom João Cardoso participa dos últimos compromissos na Capital Baiana da Fé. No Santuário do Bom Jesus da Lapa, uma Missa em Ação de Graças e despedida será celebrada nesta terça-feira (19).

Quarto bispo diocesano, Dom João veio de São Raimundo Nonato (PI) para  Bom Jesus da Lapa, no dia 24 de setembro de 2015, três meses após a nomeação. No dia 25, ele tomou posse, sendo a Lapa sua segunda diocese.

 Com o lema episcopal “Naquele que me fortalece”, ao longo dos últimos anos o administrador diocesano esteve presente em diversas romarias e momentos importantes da diocese. Neste ano, ele presidiu a Festa do Bom Jesus e de Nossa Senhora da Soledade, assim como outras romarias e festas no Santuário.

Ainda no início da missão em Bom Jesus da Lapa, Dom João escreveu no informativo da Campanha dos Romeiros sobre a importância da Gruta de Pedra e Luz. “O Santuário é a grande dádiva do Bom Jesus à Diocese da Lapa, como polo irradiador da evangelização e suporte, no exercício de comunhão, partilha e participação na missão evangelizadora de nossa Igreja Diocesana”.

Antes de partir para Natal, ele ainda estará presente no próximo sábado (23), como coordenante da ordenação de Monsenhor João Batista, bispo eleito de Barra, na Bahia, e ex-reitor do Santuário. 

Já no dia 7 de outubro, ele tomará posse em Natal, sucedendo Dom Jaime Vieira Rocha. Uma caravana de leigos e religiosos da diocese da Lapa irá acompanhar a cerimônia na capital do Rio Grande do Norte, além de uma equipe da TV Bom Jesus.

Biografia

Dom João Cardoso tem 62 anos e é natural de Dário Meira, na Bahia, mas foi ordenado sacerdote da Arquidiocese de Vitória da Conquista-BA,  em 27 de dezembro de 1986. Na mesma Arquidiocese, atuou por quase 25 anos. Neste período, exerceu diversas atividades, entre as quais se destacam: Administrador paroquial, pároco, coordenador da Escola Bíblica e do Curso de Teologia para Leigos, reitor do Seminário de Filosofia, professor da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, professor e diretor do Instituto de Filosofia da Arquidiocese, membro do colégio de consultores e do Conselho presbiteral, vigário regional; representante dos presbitérios, coordenador arquidiocesano de pastoral. Além disso, foi vigário paroquial em Rieti e Blera na Itália, até ser nomeado bispo de São Raimundo Nonato, pelo papa Bento XVI, em 2011. A posse na diocese piauiense aconteceu em 17 de março de 2012. Como bispo, foi membro da Comissão Episcopal para o Pontifício Colégio Pio Brasileiro em Roma e foi presidente do Regional Nordeste 3 da CNBB, de 2019 a 2022.

Uma resposta

  1. Boa noite!
    Quero deixar aqui o parabéns a Dom João Santos, estou acompanhando as cebraçoes no Santuário do Om Jesus da Lapa desde o início da pandemia e confesso que aprendi muito com os Padres e com o Dom João Santos, motivo este que me levou ir ao Santuário em janeiro de 2023 infelizmente não consegui ver o Bispo.
    Quero externa também a gratidão ao Monsenhor João Batista, bispo eleito para Diocese da Barra, recebo o informativo desde que tornei um contribuinte da campanha dos romeiros assisto tudo o que é transmitido.
    Desejo aos 2 Dom João que o trabalho nas dioceses sejam muito abençoado

    Sou de Monteiro Lobato SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + cinco =

plugins premium WordPress