[views count="1" print="0"]

Romaria Quilombola: Oito anos de memórias e celebração no Santuário do Bom Jesus da Lapa

Facebook
WhatsApp
Romaria Quilombola em Bom Jesus da Lapa

Entre os dias 13 e 15 de junho, membros de diversas organizações, governo municipal, estadual, pastorais da Igreja e comunidades quilombolas da Bahia participaram da 8ª edição da Romaria Quilombola, em Bom Jesus da Lapa, com o tema Seminário da alforria: organização e efetivação de direitos”.

A programação contou com atividades no Centro de Treinamento de Líderes (CTL), nos dias 13 e 14, e com a Santa Missa no Santuário do Bom Jesus da Lapa, no dia 15.

Padre Ibrahim Muide, natural do Quênia e responsável pela Pastoral Afro da Arquidiocese de Feira de Santana, participou da romaria pela primeira vez. “ Foi uma alegria muito grande perceber que as comunidades quilombolas de Feira de Santana, do Sul e do Norte da Bahia, todos reconhecem e têm em Bom Jesus da Lapa esse espaço que encontra em si um diálogo, uma conversa e uma preocupação coletiva sobre o futuro das comunidades quilombola, quais as lutas que vem lutando juntos, que quando somam forças faz o caminhar se tornar mais fácil no coletivo”, afirmou.

Uma caminhada foi realizada pelas ruas da cidade em direção ao Santuário, após a missa. A caminhada recordou a primeira peregrinação feita por pessoas pretas libertas da escravidão, em 13 de junho de 1888, um mês após a assinatura da Lei Áurea. Segundo os relatos históricos, elas trouxeram consigo moedas de bronze para oferecer ao Bom Jesus como agradecimento pela alforria. Estas foram utilizadas, posteriormente, na confecção dos sinos que ficam na torre da Esplanada do Santuário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + 17 =

plugins premium WordPress