[views count="1" print="0"]

Moradora de Trindade-GO conhece Bom Jesus da Lapa aos 100 anos de idade

A idosa enfrentou mais de 12 horas de viagem em um ônibus para realizar desejo de conhecer a Gruta do Bom Jesus da Lapa.

Facebook
WhatsApp
Segurança do Santuário conduz dona Alcídia

No ano da celebração dos seus 100 anos, dona Alcídia Correia, moradora de Trindade em Goiás, pediu um presente à filha Divina Silva, a quem há alguns anos passou a chamar de “Maria”. O presente, seria trazê-la a Bom Jesus da Lapa em romaria ao Santuário do Bom Jesus e Nossa Senhora da Soledade.

O sonho foi realizado no mês da festa do Bom Jesus. No dia 20 de agosto, depois de mais de 12 horas de peregrinação em um ônibus, a filha chegou à Capital Baiana da Fé trazendo a mãe juntamente com outros romeiros, para uma estadia de treze dias. Segundo Divina, a romeira de primeira viagem estava ansiosa para esse momento. “Ela não esquecia da viagem, toda hora tava perguntando que dia que vinha, que horas, quantos vestidos precisava comprar para ela poder vir aqui na Lapa”, conta.

De acordo com a família, Alcídia Correia nasceu em 1922, mas foi registrada somente em 1940. A recém centenária teve perda de audição e fala pouco. Ela ainda consegue andar dentro de casa, porém, para chegar à Gruta precisou de cadeira de rodas, com os olhos atentos à cada detalhe do espaço sagrado. “Ela admirou o tamanho e a Igreja com mata (o morro) ao redor, achou muito bonita”, relata a filha.

Divina trouxe a mãe para conhecer Bom Jesus da Lapa aos 100 anos
Divina atendeu o pedido da mãe e a trouxe para conhecer Bom Jesus da Lapa

Vizinha do Divino Pai Eterno, D. Alcídia agora é romeira do Bom Jesus da Lapa. Uma história que mostra que os desafios do percurso são pequenos, diante do desejo de estar aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 11 =

plugins premium WordPress