[views count="1" print="0"]

Confira o primeiro pronunciamento do novo reitor do Santuário do Bom Jesus da Lapa

Facebook
WhatsApp
Padre Roque faz pronunciamento na missa de posse como Reitor.

Após ser empossado como reitor do Santuário do Bom Jesus da Lapa, na noite desta terça-feira (8), o padre Roque Silva CSsR, fez um discurso de agradecimento a Dom João Cardoso, que presidiu a celebração. Além disso, ele também agradeceu a Monsenhor João Batista, a quem agora substitui e falou sobre o sentimento de voltar a residir na comunidade redentorista de Bom Jesus da Lapa, novamente à frente dos trabalhos pastorais. Confira na íntegra:

“Prezado Dom João Cardoso, Administrador Diocesano de Bom Jesus da Lapa e arcebispo eleito da Arquidiocese Natal: Muito obrigado por sua confiança aos Missionários Redentoristas e pelo seu pastoreio nesses 08 anos na Diocese e particularmente nesse Santuário. Em breve, no lugar da Soledade, o senhor invocará a Mãe de Jesus com o título de Nossa Senhora da Apresentação, padroeira da Arquidiocese de Natal e dos natalenses.

365773208 612798034368055 831060208176325423 n 1
Padre Roque renovou as promessas sacerdotais diante do bispo.

Caro Monsenhor João Batista Alves do Nascimento, muito obrigado por sua disponibilidade missionária e apostólica na Vice-Província da Bahia, ao longo desses seus 25 anos de profissão religiosa como membro da Congregação Redentorista e seus quase 21 anos de ordenação sacerdotal.

Nesses 5 anos à frente do Santuário, o senhor coordenou as atividades comunitárias, pastorais e administrativas com muita maestria. E com a colaboração e parceria com os confrades, conseguiram fazer do Santuário uma plataforma digital de assistência religiosa e espiritual, em tempo de pandemia, restrição de pessoas e isolamento social.

Não foi surpresa para nós o anúncio da Nunciatura sobre a sua eleição episcopal. O Papa Francisco não lhe conhece pessoalmente, mas ficou sabendo de suas virtudes pelas diversas referências que recebeu. O senhor é um missionário virtuoso. São Francisco das Chagas, o mesmo de Assis, o santo universal, será o seu padroeiro na Diocese de Barra.

365766564 612797934368065 3129851597104359677 n
Monsenhor João Batista assumiu a reitoria do Santuário em 2019.

Diante das diversas circunstâncias que nos sucederam, nesses últimos meses: morte de confrades, eleição do Monsenhor, processo de reconfiguração de nossas unidades redentoristas, o Conselho da Vice-Província orientou que eu voltasse para a Lapa, mesmo sem encerrar o tempo de estar como Vice-Provincial da Bahia.

Bom Jesus da Lapa, os Lapenses, os romeiros e visitantes são meus conhecidos de longos anos. Sou romeiro há 37 anos, nessas terras ribeirinhas, barranqueiras, sertanejas e sanfranciscanas. Aqui, fui pároco e reitor. Meu retorno consiste em ser mais um animador da ação dos redentoristas que trabalham aqui, parceiro das lideranças e instituições públicas e privadas que dão vida a “capital baiana da fé”, motivador das iniciativas que promovem o bem estar, a dignidade e o desenvolvimento de Bom Jesus da Lapa; acolhedor e assistente dos romeiros e peregrinos que buscam nos pés do Bom Jesus e da Mãe da Soledade um refrigério para seus corpos cansados e suas almas sedentas de sacralidade.

365795695 612799237701268 1402944810603564592 n
Religiosos Redentoristas e Diocesanos participaram da Missa de Posse.

Bom Jesus da Lapa tem uma vocação mística, desde o seu começo: está erguida na planície do cerrado, é protegida pelo morro da transfiguração e bebe das águas serenas do rio da integração nacional.

Nosso compromisso com a Lapa do Bom Jesus é:

1) Fazer com que o Santuário seja casa de todos, porta do céu e lugar de encontro com o Bom Jesus transfigurado;

2) Contribuir para que a cidade e a região sejam, cada vez mais, desenvolvidas, embelezada, e mais visíveis em todo Brasil;

3) Acolher os romeiros e visitantes, como recomenda o evangelho do Bom Jesus, e ajudá-los no amadurecimento da fé e da vida cristã;

4) Ajudar os Lapenses e romeiros, principalmente, os mais pobres e vulneráveis;

5) Ser colaborador com a Diocese, o clero, os religiosos, as religiosas e as lideranças leigas em sua missão evangelizadora, na igreja sinodal e de comunidades.”

Ao final do pronunciamento, Padre Roque cantou um trecho do Hino ao Bom Jesus da Lapa, animando a assembleia presente na Santa Missa.

“Senhor Bom Jesus da Lapa, ninguém nega favor.

Seja pobre ou seja rico, inocente ou pecador.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + 1 =

plugins premium WordPress