[views count="1" print="0"]

Santuário do Bom Jesus da Lapa celebra Dia de Santo Antônio

Facebook
WhatsApp

Um altar foi preparado na Gruta de Nossa Senhora da Soledade para celebrar o tríduo e festa em honra a Santo Antônio de Pádua ou de Lisboa, entre os dias 10 e 12 de junho.  Na quinta-feira (13), a Santa Missa festiva foi presidida pelo reitor do Santuário, padre Roque Silva, CSsR, às 17h

whatsapp image 2024 06 13 at 20.28.01 2
Na homilia, o reitor do Santuário refletiu sobre a biografia de Santo Antônio.

Na homilia, o reitor falou sobre a história do Santo, que é doutor da Igreja e reconhecido em todo o mundo como um grande intercessor, pregador da Palavra, combatente das heresias, além do zelo com os pobres e o amor a Deus.

Origem da devoção no Santuário do Bom Jesus da Lapa

Segundo os livros “Resenha Histórica”, de Monsenhor Turíbio Vilanova, e “Antes de Monsenhor Turíbio, No tempo de Monsenhor Turíbio e Depois de Monsenhor Turíbio”, de Antônio Barbosa,   o fundador do Santuário, padre Francisco da Soledade, teria encomendado uma imagem de Santo Antônio após sua ordenação sacerdotal por volta de 1706. Ela foi trazida de Portugal e entronizada na Gruta do Bom Jesus pelo conterrâneo do santo,  já que ambos nasceram em Lisboa.

A imagem ficava à direita do altar-mor e, por ser de barro, mesmo com o incêndio ocorrido no ano de 1903, por causas desconhecidas, permaneceu intacta e mantida ao lado do lugar onde se abriu uma grande fenda. 

Devido a essa abertura ser onde antes ficava o altar do franciscano, ela foi apelidada de “Janelão de Santo Antônio”. Posteriormente, após os anos 50, o altar do santo foi transferido para um espaço anexo à Sala das Promessas.

Pão de Santo Antônio

Uma tradição do século XVIII marca o Dia de Santo Antônio com a distribuição de pequenos pães abençoados para os fiéis. A origem do costume está nos atos de caridade vividos pelo santo, que distribuía os alimentos aos pobres que lhe batiam à porta. 

whatsapp image 2024 06 13 at 20.28.02
O pão foi abençoado e entregue aos fiéis.

Os relatos históricos dizem que certa vez o superior de Santo Antônio reclamou que os pães teriam acabado por conta das doações do santo. Foi então que foram à despensa e a encontraram repleta de pães, sendo assim constatado um verdadeiro milagre.

No Santuário do Bom Jesus da Lapa, a distribuição dos pães benzidos foi feita aos fiéis no final da Santa Missa solene.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 1 =

plugins premium WordPress