[views count="1" print="0"]

Santuário celebra Romaria da Soledade de 8 a 15 de setembro

A romaria marca a segunda maior concentração de pessoas na Igreja de Pedra e Luz, ficando atrás apenas da festa do padroeiro, O Bom Jesus da Lapa.

Facebook
WhatsApp
A romaria marca os 71 anos de retorno da devoção

A festividade em honra à Nossa Senhora da Soledade acontece de 8 a 15 de setembro, no Santuário que traz o título como Co-padroeira. A romaria marca a segunda maior concentração de pessoas na Igreja de Pedra e Luz, ficando atrás apenas da festa do padroeiro, O Bom Jesus da Lapa. Ela dá à Igreja da Lapa, o título de único Santuário Cristológico e Mariológico do Brasil.

Ao longo de sete noites, de 8 a 14, as dores de Nossa Senhora serão meditadas em uma celebração que reúne uma multidão, na esplanada da Gruta. Já no dia festivo, 15 de setembro, a Santa Missa acontece às 7h da manhã. Já no encerramento, os devotos saem pelas ruas em procissão, na parte da tarde. Segundo o reitor, padre Roque Silva, a expectativa é que cerca de 300 mil pessoas passem passem pelo Santuário nos oito dias de festa. Da mesma forma, o final de semana de 22 a 24 também será bastante movimentado, devido a alta quantidade de reservas na rede hoteleira, informada pelo presidente da Associação dos Hoteleiros, Alex Xavier.

Neste ano, a festa da Soledade marca os 71 anos de retorno da veneração do título mariano. Isso porque devido a um incêndio ocorrido no ano de 1903, onde as imagens originais do Bom Jesus e de sua Mãe foram danificadas, a devoção caiu no esquecimento e somente a imagem do Bom Jesus foi restaurada. Ela só retornou 49 anos depois, por meio do incentivo do Monsenhor Turíbio Vila Nova, vigário do Santuário até a década de 1950. Ele mandou fazer outra, semelhante à original.

Apesar de ter como subtemas de cada noite, as dores de Maria, a romaria segue com o tema geral escolhido para o ano de 2023 “Bom Jesus, O Pão da Vida, Vocação e Fraternidade.” Ao longo do Setenário, religiosos convidados irão conduzir as homilias e as pastorais do Santuário e alguns romeiros conduzirão a imagem da Soledade até o altar.

Confira a programação do Setenário: 8 a 14 de setembro

05h30: Ofício de Nossa Senhora 

– 06h45: Santa Missa

– 08h: Santa Missa Vocacional 

– 09h: Santa Missa

– 10h30: Reunião com os coordenadores de Romarias

– 11h: Santa Missa

– 11h: Batizados – Gruta da Ressurreição

– 15h: Terço da Misericórdia (TV Pai Eterno, TV Bom Jesus e Rádio Bom Jesus FM) 

– 17h: Santa Missa (TV Bom Jesus, Rádio Bom Jesus FM e Rádio Carícia FM)

– 19h: Setenário Solene (TV Aparecida, TV Bom Jesus e Rádio Bom Jesus FM)

– Confissões: Ao longo do dia, após as celebrações

Novidade

No dia 14 de setembro, a Igreja celebra a Solenidade da Exaltação da Santa Cruz. Por isso, a programação deste dia contará com a oração da Via-Sacra e subida até o cruzeiro do morro, às 5h30 da manhã, ao invés do ofício de Nossa Senhora. 

A Romaria da Soledade também já conta com a presença do novo reitor do Santuário, Padre Roque Silva CSsR e do novo administrador, Padre Cristóvão (Krzysztof) Przychocki, CSSR.

Confira os pregadores do Setenário e convidados da romaria 

1ª NOITE – 8/09 (SEXTA-FEIRA)

– Convidados: Movimento Apostólico

– Pregador: Dom João Santos Cardoso, Bispo Administrador da Diocese de Bom Jesus da Lapa

2ª NOITE – 9/09 (SÁBADO)

– Convidados:  Grupo das Mil Ave-Marias e Movimento Sacerdotal Mariano 

– Pregador: Pe. Devaldo Vieira de Menêz, CSsR, Missionário Redentorista 

3ª NOITE – 10/09 (DOMINGO) 

– Convidados:  Terço das Crianças

– Pregador: Pe. Valter Ruy Cordeiro Gonzaga, Arquidiocese de São Salvador da Bahia-BA 

4ª NOITE – 11/09 (SEGUNDA-FEIRA)

– Convidados: Terço dos Homens

– Pregador: Pe. Edson Menezes da Silva, da Arquidiocese de São Salvador da Bahia-BA 

5ª NOITE – 12/09 (TERÇA-FEIRA)

– Convidados:  Terço dos Mulheres 

– Pregador: Pe. Marcelino Ferreira da Costa Neto, CSsR, Missionário Redentorista da Província de Goiás 

6ª NOITE – 13/09 (QUARTA-FEIRA)

– Convidados:  Devotos de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

– Pregador: Frei Liomar Pereira da Silva, OFMCap, Ordem dos Frades Capuchinhos 

7ª NOITE – 14/09 (QUINTA-FEIRA)

– Convidados:  Romeiros

– Pregador: Dom Vicente de Paula Ferreira, CSsR, Bispo da Diocese de Livramento de Nossa Senhora-BA

Programação do dia festivo: 15 de setembro

– 05h30: Ofício de Nossa Senhora;

– 07h: Santa Missa Festiva, presidida por Dom João Cardoso – Administrador Diocesano 

( TV Bom Jesus, Rádio Bom Jesus FM);

– 11h: Santa Missa;

– 15h: Terço da Misericórdia (TV Pai Eterno, TV Bom Jesus e Rádio Bom Jesus FM);

– 17h: Procissão com a Imagem de N. Sra. da Soledade saindo do Santuário;

– 17h15: Animação na Esplanada; 

– 18h: Celebração de Encerramento, presidida por Dom João Cardoso e pregação de Dom Vicente de Paula – Diocese de Livramento- BA (TV Bom Jesus e Rádio Bom Jesus FM);

– 22h: Santa Missa da despedida dos Romeiros.

Trajeto da procissão

Diferente da procissão do Bom Jesus, o cortejo que acompanha o andor de Nossa Senhora da Soledade sai do próprio Santuário em direção à Praça Monsenhor Turíbio VilaNova, passando pela Praça da Fé, Rua Francisco Magalhães, até o Cruzeiro de Santa Luzia, de onde retorna ao Santuário, pela avenida Duque de Caxias. 

O trânsito do percurso é organizado pela Polícia Militar e Guarda Municipal, sendo proibida a circulação de veículos no trajeto no dia festivo. 

Curiosidades sobre a devoção 

A devoção à Nossa Senhora da Soledade foi trazida para o Santuário pelo fundador das romarias, Francisco de Mendonça Mar, em 1691. O título que significa saudade e solidão, é semelhante ao de Nossa Senhora da Piedade e das Dores, lembrando o sofrimento de Maria ao ver o Bom Jesus morrer crucificado. Ela é muito propagada em Portugal, o que justifica a devoção de Francisco, que era natural de Lisboa. Ele chegou a adotar o sobrenome de Francisco da Soledade, quando foi ordenado padre, em 1706. 

Quem chega ao Santuário, atualmente, encontra uma Gruta espaçosa, com uma imagem no alto do presbitério, dedicada à Soledade. No entanto, no início, ela tinha um tamanho menor e ficava ao lado do Bom Jesus, na Gruta principal. No ano de 1950, o Monsenhor Turíbio VilaNova iniciou a escavação de uma pequena caverna rasa, que após 15 anos foi concluída. Assim, se tornou o maior espaço, acomodando até 3.000 mil pessoas.

A atual imagem que fica no alto e ao lado de uma cruz, lembrando o calvário, possui um metro e sessenta centímetros de altura, esculpida em madeira. Foi entronizada no local, por Dom João Muniz, então bispo de Barra -BA, da qual Bom Jesus da Lapa fazia parte, em 1952.

Já no ano de 1971, a imagem foi parcialmente carbonizada, precisando ser restaurada em Salvador, pela escultora Bernardina Félix Braga. Anos depois, ela passou por outras restaurações, permanecendo até os dias atuais. Nossa Senhora da Soledade segue invocada pelos fiéis que a reconhecem como um consolo e uma intercessora para suas próprias dores.

Galeria de fotos da Romaria da Soledade 2022: https://santuariodobomjesusdalapa.com/galerias/festa-nossa-senhora-da-soledade/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze + 8 =

plugins premium WordPress